Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





mudar de ares

por Mary P., em 24.11.14

Nada como começar um dia festivo com introdução a um novo ensino clínico e a despedida de 7cm de cabelo!

Quem muda Deus ajuda!

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 ano, mas não foram 365 dias!

por Mary P., em 24.11.14

images (3).jpg

Há um ano que dei início a esta demanda. Com altos e baixos. Com períodos de ausência. Com vontade. Com desejos de me sentar e escrever ao computador. Com entusiasmo. Com determinação. Com transparência. Com verdade. Fui eu da primeira à última palavra escritas. Que venham mais!

banner.jpeg

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Portugal Portugal

por Mary P., em 22.11.14

Já ouvi: "Portugal já nem parece o mesmo. Vistos Gold e detenção de José Sócrates em duas semanas."

Já li: "Esquecer o Ébola com a Legionella, esquecer os Vistos Gold com a detenção de um Ex Primeiro Ministro."

 

socrates.jpg

E nós? Ouvir e calar? Assistir de camarote? Ou dar um murro na mesa e erradicar com todos os Cães que se acham donos e senhores do NOSSO PORTUGAL?

Autoria e outros dados (tags, etc)


novas aquisições

por Mary P., em 17.11.14

Não é meu costume escrever sobre este tipo de coisas, mas cá vai:

 

Sou uma pessoa que adora, adora de paixão ir aos saldos. Adoro a sensação de comprar boas peças por menos 40, 50% de desconto. De disputar Aquela peça. De fazer investimentos. Daí que das poucas vezes que vou ao shopping durante a época normal vou observando e analisando para depois ... PUMBA! Saltar em cima das peças! Acontece é que precisava mesmo de roupa de inverno e de umas botas. Umas botas pretas, que as minhas da Levis foram um investimento e já têm uns aninhos. É destas compras que gosto de fazer. Poucas, mas boas. Investimentos como gosto de lhes chamar. Acontece também que o tempo não está para brincadeiras, por isso é aproveitar enquanto há. 

Fui à Primark do Norteshopping. Uhhhhh às 15h da tarde ESTAVA A ABARROTAR! E não! O verbo abarrotar não é exagero! Entre o "com licença", "desculpe lá", "se não se importa" lá consegui dar uma voltinha, mas não houve nada que me encantasse. E depois o polyester... Gostei sim de uma echarpe com o padrão das riscas vermelhas e verdes, mas 6€ para aquela qualidade pareceu-me muito.

Subi e fui à Springfield. Esta é uma das minhas lojas de eleição em tempo de saldos. Já vi uma série de camisolas e alguns vestidos e uma saia que quero mesmo, mesmo pôr-lhes a mão em cima em tempos de stock off. Que agora parece-me tudo caro.

Estava com curiosidade em relação às obras da Stradivarius. Só neste verão (nos saldos!) é que comecei a ir à Stradivarius. Tinha comprado lenços de 15,99€ a 2,99€, mas nunca comprei roupa. Hoje foi o dia. Duas camisolas. Uma quente e outra de meia-estação, que assim é que eu gosto, porque com uma gola quentinha e um casaco de malha sobrevivo ao Inverno e também passo bem na meia-estação. Encontrei ainda umas botas pretas altas, que não são de pele, mas que parecem ser boas. Pelo menos as minhas patorras extra-sensíveis, que já só contam com 18 unhas não se queixaram. Ah! E fiquei encantada com o serviço mega personalizado e lá com o botãozinho no provador!

Bati as capelinhas toda. Comprei ainda um par de calças-de-ganga boas na Zara, que já não dá com nada comprar calças a 9,95€ na H&M (fi-lo, gostei, mas já merecem substituição, coitadinhas).

Fica a faltar um bom casaco que dê para o frio e para a chuva. Encontrei-o também na Stradivarius, mas isto de medir 1,80m de braços abertos e as marcas fazerem casacos apenas até ao L não dá com nada.

 

page.jpg

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


casamentos

por Mary P., em 17.11.14

Ruptura. Originalidade. Clássico. Branco. Tradição. Amor. Inovação. Autenticidade. Personalidade. É deles. 

solange-knowles--a.jpg

 Gostei. Muito.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Diário de uma obesa #14

por Mary P., em 17.11.14

Achavam que eu me tinha esquecido deste meu livro? Pois bem... Esta minha ausência não se deveu ao facto de me ter enclausurado no ginásio e correr, correr, correr. A Mary voltou, mas continua roliça. Vai daí que este Diário parece não ter fim.

Uma vez que ainda tenho encontrado melancias nos supermercados aqui fica esta dica, suas obesas famintas por um bolo carregadinho de chantilly!!!!!!

36305_609182292435878_1972362544_n.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


contra factos não há argumentos #6

por Mary P., em 17.11.14

396928_10150442180741840_1358655115_n.jpg

Bang!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Aqui.

por Mary P., em 16.11.14

Aqui, deposta enfim a minha imagem,
Tudo o que é jogo e tudo o que é passagem,
No interior das coisas canto nua.

Aqui livre sou eu — eco da lua
E dos jardins, os gestos recebidos
E o tumulto dos gestos pressentidos,
Aqui sou eu em tudo quanto amei.

Não por aquilo que só atravessei,
Não pelo meu rumor que só perdi,
Não pelos incertos actos que vivi,

Mas por tudo de quanto ressoei
E em cujo amor de amor me eternizei.

 

Sophia de Mello Breyner Andresen, Dia do Mar

 

tumblr_m81awiwQ2d1qf2tc3o1_500.jpg

 

 

esta sou eu, I. Mary Poppins, neste momento. Que ninguém se meta à minha frente sff. Que eu descobri a minha vocação e ninguém conseguirá assombrar esta minha vontade de VIVER PARA SER FELIZ!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


-> (parte V)

por Mary P., em 16.11.14

Tui -> Redondela, uns livros dizem 29km outros 30km. O que importa é que a partir de Espanha este parece-me ser o dia mais "pesado".

A novidade é, como já tinha escrito, já não se fazer a recta de Porriño. Muitos se queixavam pelo longo passeio de alcatrão. Eu até gostava. Divirtia-me com os camionistas. Caaaaaaaaaaaaaaaalmaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa. Diversão no sentido de lhes  pedir que apitassem. A verdade é que odeio caminhar em alcatrão seja de dia, seja de noite, com muito calor ou muito frio. Daí encontrar alguma coisa para me distrair. Em relação à alternativa é alcatrão na mesma, com muitas curvas e contra-curvas e bosque pelo meio. Fez-se.

Acontecimentos durante El Camino:

IMG_1772.JPG

 

IMG_1775.JPG

Incrível! Em sentido contrário a nós encontrámos este Japonês que estava a fazer o caminho DESCALÇO e nos cumprimentou com um efusivo e quente ALELUIA :) Nesta altura já estávamos a desfalecer e o seu ALELUIA :) + o seu espírito de sacrifício encarado com leveza e sorriso na cara foi um boost de energia para nós.

A chuva estava a ameaçar e houve quem optasse por ficar em Mós. Nós fomos valentonas, enchemos o peito de ar e subimos a famosa Rúa dos Cavaleiros (se a memória não me falha). Mas não o fizemos sem antes deixarmos também o nosso boost para os nossos queridos Valentina & Salvatore:

IMG_1777.JPG

 Durante esta etapa tirei a minha melhor fotografia. Olhando para ela agora sei que podia ter feito um enquadramento muito melhor, mas continuo a gostar muito dela:

IMG_1789.JPG

 Penso ter sido nesta etapa que encontrámos um Gipsy Guy com um sotaque bastante nortenho que entre o cacete, o fiambre e o queijo que metia desenfriadamente à boca nos disse ser de Braga. Um Gipsy Guy solitário que faz da vida as Rotas até Santiago. 

Nos entretantos, deparamo-nos com este bonito quadro:

IMG_1794.JPG

 

Eu e o meu Amor 

 

A nossa primeira meta neste dia, que contámos com a companhia da Maga, a médica peruana a trabalhar em Madrid (mi Maga), era tomar o pequeno-almoço em Porriño e depois finalmente Redondela (atenção que o último troço é violento porque é sempre a descer em curvas-contra-curvas).

E finalmente chegámos a Redondela! INÉDITO!! Chegámos por volta das 14h/15h. E o albergue já estava lleno. Alternativas? Perguntámos nós à voluntária. Irmos até à polícia e tentar a nossa sorte para nos abrirem o pavilhão. Cheias de fome. Lá fomos até à esquadra que se distancia bastante do centro da cidade. Polícia do mais mal-educado que pode haver, prepotente. Só lhe faltou insultar-nos. Basicamente chamou-nos de estúpidas porque era ridículo virmos de Tui. Devíamos de ter ficado em Porriño. Já éramos todas crescidas e a nossa atitude era ridicula. Desculpe Senhor? Mas o Sr. tem alguma coisa haver ser por acaso eu quiser fazer Porto - Santiago num dia? Foi o Sr. que estava a abastecer a máquina de snacks que nos indicou um albergue privado no centro da cidade para onde os peregrinos costumam ir em alternativa ao público. Lá fomos nós. Curiosamente no albergue estavam todos que tinham partido connosco. Acontece que quem parte de Porriño como tem menos caminho para fazer, mesmo que saia pouco mais tarde de quem parte de Tui chega mais rápido a Redondela (um dos albergues mais bonitos do Caminho). E pronto. Mais uma novidade. Estadia num albergue privado. Com pouco quartos e apenas duas casas-de-banho. Foi aqui que conhecemos o nosso David e o nosso Gabriel, um português e um São Paulista (será assim?) de Aveiro. Ainda hoje nos rimos com valentes gargalhadas com o modo de como nos conhecemos. Agora que escrevo acho que foi um almoço/lanche/jantar porque estávamos bastante atrasadas. Sim, porque mesmo depois de termos chegado tarde ainda ficámos prisioneiras durante uma hora num dos quartos do tal albergue. O dia acabou com um Valentina, Salvatore ecoados por todas as ruas de Redondela, pois os nossos amigos italianos ainda chegaram mais tarde do que nós e nem no tal albergue conseguiram guarida. Foi o dono da Hamburgueria onde estávamos a almoçar/lanchar/jantar nos deu o contacto de um piso para arrendar e eles já tinham partido. Foi um momento bonito! Terminámos com eles a jantar, nós a experimentarmos una Clara con Limón (é boooom) e depois quando chegámos al Albergue encontrámos os nossos amigos portugueses e treinei a minha arte nos fantásticos pés do Gabrieu.

IMG_1798.JPG

Obviamente que não podíamos deixar Redondela sem antes irmos ao café do centro, no largo do Albergue, cumprimentar o simpático dono do café do Pingrino. Vejam lá como este mundo é pequenino! O Sr. é amigo de um amigo que a Sophie e a Sarocas fizeram quando fizeram o caminho primitivo. E esse tal amigo também já tinha feito o caminho com o meu pai. O Super Mário, como é assim conhecido, ferrenho portista deu esta belíssima garraja que enaltece o café do selo mais bonito de todo o caminho. Este foi o nosso registo:

IMG_1799.JPG

 Ficam alguns registos:

IMG_1803.JPG

IMG_1805.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D